RELATÓRIO ANUAL 2010
Demonstrações Financeiras

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS INDIVIDUAIS
(CONTROLADORA) E CONSOLIDADAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009
(Valores expressos em milhares de reais)


4. DISPONIBILIDADES

Referem-se aos valores mantidos em caixa, bancos e aplicações financeiras, conforme segue:

 
  CONTROLADORA CONSOLIDADO
31.12.10 31.12.09 01.01.09 31.12.10 31.12.09 01.01.09
Caixa e equivalentes de caixa  91.899  405.840  293.469  682.364  617.046  395.662
Aplicações financeiras
 2.162.121
 2.223.885
 480.691
 3.193.992
 2.416.392
 676.002
 
 2.254.020
 2.629.725
 774.160
 3.876.356
 3.033.438
 1.071.664


As disponibilidades das empresas controladas são demonstradas de forma consolidada abaixo:
 
  CONTROLADORA CONSOLIDADO
31.12.10 31.12.09 01.01.09 31.12.10 31.12.09 01.01.09
Caixa e equivalente de caixa  112.751  18.298  29.191  477.714  192.908  73.002
Aplicações financeiras
 168.729
 12.372
 29
 863.142
 180.135
 195.282
 
 281.480
 30.670
 29.220
 1.340.856
 373.043
 268.284


A Companhia tem como política apresentar os seguintes itens na composição do caixa e equivalentes de caixa:

  • Saldo em espécie disponível no caixa;
  • Depósitos bancários à vista;
  • Numerário em trânsito;
  • Aplicações financeiras de liquidez imediata.

4.1. CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA POR MOEDA

Segue abaixo o demonstrativo de caixa e equivalente de caixa por moeda:
 
  CONTROLADORA CONSOLIDADO
31.12.10 31.12.09 01.01.09 31.12.10 31.12.09 01.01.09
Caixa e Bancos:            
Reais 9.298 351.523 255.462 36.746 369.821 284.650
Dólar Norte-americano 78.097 54.317 38.007 240.278 145.950 91.859
Euro - - - 124.833 13.335 3.369
Libra esterlina 4.504 - - 131.529 78.077 2.969
Outros
-
-
-
148.978
9.863
12.815
 
91.899
405.840
293.469
682.364
617.046
395.662



4.2. APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Segue abaixo o demonstrativo das aplicações financeiras por modalidade:
 
    CONTROLADORA
VENCIMENTOS PMPV (1) MOEDA TAXA DE JUROS
MÉDIA A.A%
31.12.10 31.12.09 01.01.09
Disponíveis para venda              
Certificados de déposito Bancário – CDB (2) 24.01.2011 a 18.09.2015  3,04 Real 10,67 1.427.786  600.344  435.182
Operação compromissada (2) 20.12.12  1,14 Real  10,72  616.544 1.610.350  38.216
Poupança aplicação automática (2) 31.12.10  - Real  6,42  31  17  104
Outros (2) 31.12.10  - Real  -
 967
 324
 808
Empréstimos e recebíveis         2.045.328 2.211.035 474.310
Conta remunerada 31.03.14  3,29 Dólar  0,35
 54.685
 5.333
 6.379
           54.685  5.333  6.379
Mantidos até o Vencimento              
Nota de crédito externa 08.01.13  2,05 Dólar  0,35  55.406  7.513  -
Nota de crédito externa 04.09.14  3,73 Euro  0,35  6.700  -  -
Títulos de capitalização 29.04.14  3,38 Real  2,43
 191
 376
 214
           62.297  7.889  214
TOTAL        
 2.162.310
 2.224.257
 480.903
TOTAL CIRCULANTE          2.162.121  2.223.885  480.691
TOTAL NÃO CIRCULANTE        
 189
 372
 212
(1) Prazo médio ponderado de vencimento em anos.
(2) As operações foram contratadas com liquidez diária, podendo assim serem resgatadas a qualquer momento, o vencimento mencionado é o vencimento do lastro da operação.

 
    CONSOLIDADO
VENCIMENTOS PMPV (1) MOEDA TAXA DE JUROS
MÉDIA A.A%
31.12.10 31.12.09 01.01.09
Disponíveis para venda              
Certificados de déposito
Bancario – CDB(2)
31.12.2010 a 18.09.2015 1,20 Real 6,43% 1.596.194 611.997 438.017
Certificados de déposito
Bancario – CDB(2)
31.12.2010 a 31.03.2011 0,25 Dolar 0,35% 23 - -
Operação compromissada 14.01.2011 a 20.12.2012 1,14 Real 10,72% 616.544 1.610.351 38.216
Títulos e ações 31.12.2010 0,10 Dolar 4,50% 1.676 - -
Poupança aplicação automática(2) 31.12.2010 - Real 6,42% 31 17 104
Prazo fixo         - - -
Prazo fixo 31.03.2010 0,25 Dolar 7,61% - 126.023 67.651
Circ. 1456 31.12.2010 a 30.06.2011 0,32 Dolar 2,50% 40.902 54.112 117.953
Outros(2) 31.12.2010 - Real 0,00%
968
324
836
          2.256.338 2.402.824 662.777
Empréstimos e recebíveis              
Conta remunerada 31.12.2010 a 31.03.2014 3,29 Dolar 0,35
54.685
5.333
6.379
          54.685 5.333 6.379
Mantidos até o vencimento              
Nota de crédito externa 08.01.2013 2,05 Dolar 0,35 55.406 7.513 -
Nota de crédito externa 04.09.2014 3,73 Euro 0,35 6.700 - -
Títulos de capitalização 31.12.2010 a 29.04.2014 1,53 Real 4,22% 8.013 3.548 11.041
CLN 01.01.2013 a 31.12.2015 4,36 Dolar 8,00%
820.540
-
-
          890.659 11.061 11.041
TOTAL        
3.201.682
2.419.218
680.197
TOTAL CIRCULANTE         3.193.992 2.416.392 676.002
TOTAL NÃO CIRCULANTE        
7.690
2.826
4.195
(1) Prazo médio ponderado de vencimento em anos.
(2) As operações foram contratadas com liquidez diária, podendo assim serem resgatadas a qualquer momento, o vencimento mencionado é o vencimento do lastro da operação.


As modalidades de aplicações financeiras da Companhia podem ser descritas da seguinte forma:

4.2.1. CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO – CDB

As aplicações desta modalidade são efetuadas em reais e remuneradas a taxas de acordo com a variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), a qual está situada entre 99% a 107%.

4.2.2. OPERAÇÃO COMPROMISSADA

Operações lastreadas em debêntures, que são efetuadas em reais e remuneradas a taxas de acordo com a variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), a qual está situada entre 100% a 100,5%.

4.2.3. FUNDO DE INVESTIMENTOS REFERENCIADO DI

As aplicações desta modalidade são efetuadas em reais e remuneradas a taxas de acordo com a variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), a remuneração está situada entre 98% a 100,5%.

4.2.4. CLN – CREDIT LINKED NOTE

Operação estruturada com banco de primeira linha no exterior, as aplicações desta modalidade são efetuadas em dólares americanos e remuneradas a uma taxa fixa.

4.2.5. POUPANÇA APLICAÇÃO AUTOMÁTICA

Os saldos em conta-corrente remanescentes diariamente, em reais, são transferidos automaticamente para esta modalidade de aplicação, sendo remunerados por taxas praticadas no mercado financeiro.

4.2.6. PRAZO FIXO

As aplicações desta modalidade são efetuadas em dólares norte-americanos, não existindo remuneração, sendo esta operação específica do Uruguai.


4.2.7. CIRCULAR 1456

As aplicações desta modalidade referem-se a operações oriundas de exportação, efetuadas em dólares norte-americanos junto ao Banco Central do Uruguai, remuneradas à taxa pré-fixada, sendo realizadas entre 180 e 270 dias antes da exportação.

4.2.8. CONTA REMUNERADA

Trata-se de valores recebidos em dólares americanos, oriundos de exportações e operações financeiras, mantidos em contas no exterior. A remuneração é efetuada sobre uma taxa pré-fixada.

4.2.9. NOTA DE CRÉDITO EXTERNA

As aplicações desta modalidade são efetuadas em Euro e Dólar e são remuneradas a uma taxa pré-fixada.

4.2.10. TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO

As aplicações desta modalidade são efetuadas em reais e remuneradas à variação da Taxa Referencial (TR).
topo
Produzido por: